Brutalidade: Homem ateia fogo na ex-mulher e em bebê de oito meses.

Brutalidade: Homem ateia fogo na ex-mulher e em bebê de oito meses.

Um homem de 30 anos foi preso neste sábado (4) acusado de ter ateado fogo na ex-mulher e em um bebê que estava com ela em Caxias do Sul, na serra gaúcha. As vítimas tiveram mais da metade do corpo queimado e estão internadas em estado grave. Segundo a polícia, os dois adultos haviam discutido, mas a motivação do crime ainda está sendo investigada.

O crime aconteceu por volta das 3h30 em uma casa na rua Luiz Covolan, no bairro Santa Catarina, segundo o Centro Integrado de Segurança Pública. As vítimas sofreram queimaduras com álcool em mais de 60% do corpo e foram identificadas como Lucilene Fonseca, 32, e sua sobrinha I., de oito meses.

De acordo com a sargento Mirian Aparecida, a mulher e a bebê foram encaminhadas em estado grave ao Hospital Pompeia e, em seguida, transferidas ao Hospital Geral da Fundação Universidade de Caxias do Sul. Na tarde deste sábado, elas continuavam internadas na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

O acusado pelo crime foi identificado pela polícia como Maykon Marcelino da Silva. A reportagem tentou contato com o defensor público, mas até a publicação desta reportagem não teve retorno.

Segundo a polícia, ele foi rendido por vizinhos, conseguiu escapar e seguiu na direção de um posto de combustíveis, mas ali foi preso em flagrante e levado à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento.

Lucilene Fonseca é natural do município de Celso Ramos (SC), tem três filhos e atualmente mora em Caxias do Sul. Ela estava separada do ex-marido havia alguns meses e, em março deste ano, registrou na polícia denúncia de agressões que vinha sofrendo. No momento do crime, Lucilene cuidava da sobrinha.

Atualizada em: 2017-11-04 23:04:41
Fonte: noticias.bol.uol.com.br

Habilidades

Postado em

06/11/2017

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *